quinta-feira, 6 de maio de 2010

LOCALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA AMÉRICA

Quando chegaram à América, os europeus encontraram inúmeros povos que ocupavam o continente há milhares de anos. Esses povos estavam distribuídos por todo o território e apresentavam diferentes formas de organização social e econômica.
A maioria das populações nativas da América vivia da caça, da pesca, da coleta de frutos e vegetais e da agricultura. No entanto, as civilizações inca, maia e asteca diferenciavam-se por apresentar organização social complexa. Com economia baseada na agricultura, essas três civilizações organizavam-se em cidades onde o comércio era estruturado. Dominavam também conhecimentos de arquitetura, matemática, astronomia e técnicas de fundição do ouro e da prata.
A partir do século XVI, as potências européias, principalmente Espanha, Portugal e Inglaterra, direcionaram suas conquistas territoriais para a América com interesse em extrair recursos naturais. Muitas das populações aborígenes que viviam no continente americano foram exterminadas por causa das guerras pela posse da terra e das doenças resultantes do contato com os conquistadores.
No século XVIII, o continente americano já estava completamente distribuído entre as principais potências européias da época.
A partir do século XVI e ao longo dos próximos séculos, a população nativa do continente americano miscigenou-se com o europeu, com os africanos e com os imigrantes asiáticos. Esse grupo de pessoas construiu diversas sociedades, com costumes e identidades próprias, de norte a sul do continente.
Sob o nome de América Latina foram inicialmente agrupadas as sociedades em que a língua dominante tem origem no latim, como é o caso do português e do espanhol, principais povos colonizadores da América continental. A expressão América Latina, contudo, refere-se também a países onde se fala inglês, como a Jamaica, ou holandês, como o Suriname. Isso acontece porque o critério passou a levar em conta outros aspectos, tais como: predominância da religião católica e desequilíbrio das condições socioeconômicas da população, com muitos habitantes vivendo abaixo da linha da pobreza. Os países da América Latina pertencem ao grupo dos subdesenvolvidos.
A América Anglo-Saxônica é formada pelos dois países mais ricos e desenvolvidos do continente: os Estados Unidos da América e o Canadá. O nome América Anglo-Saxônica se deve ao fato de esses países terem sido colonizados principalmente pela Inglaterra. Porém, essa enorme área da América do Norte também recebeu influência de outros povos europeus.



















Um comentário:

julia disse...

oi adorei gostaria de sua ajuda vou fazer um trabalho de geografia e gostaria de algumas imagens sobre a localizaçao e regionalizaçao da america obrigada .